uma mão socando a parede para simbolizar a violência contra idosos

Violência contra idosos: pandemia agravou ainda mais o problema

Além de todos os problemas causados pela pandemia do Covid-19, outro que se intensificou foi a violência contra idosos.

Os dados apontam que a pandemia fez crescer o número de idosos vítimas de violência no Brasil. 

Desde o início da pandemia, o número de denúncias de violência contra idosos subiu 59%, de acordo com um levantamento realizado pelo Disque 100.

Com o objetivo de mobilizar contra a violência praticada contra idosos, foi criado no ano de 2006 o “Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa”, comemorado no dia 15 de junho. 

A data foi uma iniciativa promovida pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência contra a Pessoa Idosa.

Dados da violência contra idosos em Brasília

O aumento da violência contra idosos foi constatado em todo o Brasil, e se intensificou durante a pandemia, quando o isolamento fez com que muitos não conseguissem sair das próprias casas e por consequência disso, passaram a ter muito mais contato com os agressores, que geralmente são os familiares próximos, como filhos e netos.

Em Brasília, a situação não foi diferente. Entre janeiro e maio de 2021, a Central Judicial do Idoso (CJI) do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) atendeu a 166 casos de violência contra idosos. O número equivale a 72% dos casos registrados durante todo o ano de 2020.

De acordo com o Mapa da Violência Contra o Idoso do DF de 2019, a violência mais comum é a negligência, que ocorre quando os responsáveis deixam de oferecer cuidados básicos, como higiene, saúde e medicamentos.

Dos 166 casos denunciados no período, 56 correspondem à violência psicológica, 37 à violência financeira, 32 são  relativos à negligência e 25 são de violência física.

É importante ficar atento a qualquer sinal de violência contra idosos. Para denunciar, deve-se entrar em contato com o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), Polícia Militar, Polícia Civil e Disque 100.

Deixe seu comentário:

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments